terça-feira, 1 de setembro de 2015

Tapioca pode ajudar a engordar ou emagrecer

A tapioca pode ajudar a emagrecer ou engordar. É o que diz a nutricionista Fabrícia Padilha. Segundo ela, o que vai fazer a diferença é o recheio. "Se você escolher um queijo amarelo, acrescentar manteiga ou leite condensado vai estar aumentando o valor calórico", disse ela em reportagem no Bom Dia Pernambuco desta terça-feira (1º).
No Alto da Sé, em Olinda, dezenas de tapioqueiras preparam o quitute em diversos sabores. Assim como acontece na pracinha de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. "É uma comida diferente, típica daqui. É muito gostosa", diz a turista Nessana da Costa, auxiliar administrativa.
A tapioca é rica em carboidratos, mas não tem muito valor nutritivo. "Ela tem pouca proteína, pouca fibra e poucas vitaminas e minerais", explica Fabrícia. Ela sugere enriquecer o alimento com sementes de chia e linhaça e usar frutas ou geleias no recheio, caso procure uma opção doce.

Homem é picado por cascavel após tentar selfie com a cobra

blog_selfie_snake
Um americano teve a ideia “genial” de tentar fazer uma selfie com uma cascavel que tinha acabo de encontrar em seu próprio quintal, mas não deu muito certo. Alex Gomez, de 36 anos, colocou a cobra em volta do pescoço, mas durante a tentativa foi mordido na mão direita.
Alex está internado em um hospital de Lake Elsinore, na Califórnia, e tem o risco de ter a mão amputada. Segundo a esposa dele, a pele em torno da picada está necrosando.
As informações são da rede CBS

Médica que posou para foto durante parto pode ser demitida

blog_birth
Uma médica de um hospital de Johor, na Malásia, teve uma foto sua postada na internet e acabou sendo demitida por causa disso. O motivo: na imagem, a médica aparece com uma das mãos na vagina de uma gestante, e com a outra, fazendo o sinal da vitória.

Segundo o The Mirror, o ministro da Sáude da Malásia, Seri Subra, afirmou que seria bastante rigoroso com o caso. Para ele, o caso se trata de quebra de ética. A médica poderá ser demitida ou multada.
As autoridades locais ainda estão em busca do autor do foto.

Seis dicas para manter o cérebro sempre jovem

Como qualquer boa máquina, o cérebro precisa de cuidados e atenção ao longo dos anos para garantir que ele continue funcionando bem.
Mas, no lugar de um manual de manutenção, tudo o que temos são conselhos normalmente contraditórios e confusos vindos da comunidade científica.
Seis maneiras de afiar a inteligência.

1-Não perca a fé em suas habilidades

Quem nunca experimentou a sensação de entrar em uma sala e logo em seguida perceber que esqueceu o que tinha ido fazer ali?
Temos a tendência a acreditar que a perda de memória é um problema decorrente do envelhecimento. Mas a verdade é que esses lapsos podem afetar jovens ou idosos com a mesma frequência e intensidade.
Por isso, não deveríamos nos apressar em assumir que tudo é culpa da idade, já que dúvidas podem ser uma espécie de auto-profecia.
Nos últimos dez anos, Dyana Touron, da Universidade da Carolina do Norte, descobriu que com a idade, temos a tendência de perder a confiança nas nossas habilidades mentais, mesmo quando elas estão funcionando perfeitamente.
O resultado é que acabamos dependentes de “muletas”, como o GPS do carro ou a agenda do celular.
Mas, ironicamente, ao não nos colocarmos diante de desafios, podemos acelerar nosso próprio declínio mental.
Portanto, se você se encontrar diante de uma porta não sabendo onde deveria estar, veja a situação como uma oportunidade para forçar um pouco mais a memória.

2-Proteja seus ouvidos


A mente sofre se for isolada dos cinco sentidos. E a perda auditiva parece detonar a perda da massa cinzenta do cérebro, provavelmente por colocar uma ênfase na atenção e por nos bloquear de estímulos úteis. Segundo um estudo americano, o problema aumenta em 24% o risco de atraso cognitivo durante um período de seis anos.
Qualquer que seja a sua idade, vale a pena ter consciência das situações que poderiam estar acelerando a deterioração da audição.
Escutar música em alto volume por apenas 15 segundos por dia já é suficiente para prejudicar os ouvidos. Até mesmo o uso de um secador de cabelos por 15 minutos diários pode danificar as minúsculas células que captam o som.
E se você acha que já está sofrendo de perda auditiva, procure um médico. Cortar o problema pela raiz pode conter o declínio.

3-Aprenda um novo idioma ou a tocar um instrumento

Em vez de dedicar vários minutos do dia a algum passatempo ou aplicativo que promete “treinar seu cérebro”, que tal tentar um exercício mental mais ambicioso, como aprender a tocar um instrumento ou falar uma nova língua?
Ambas as atividades requerem uma ampla gama de habilidades, exercitando a memória, a atenção, a percepção sensorial e o controle de motricidade enquanto você tenta executar uma nova canção ou pronunciar os sons estranhos de novas palavras.
Os benefícios tendem a durar até a idade avançada. Um estudo publicado no ano passado descobriu que músicos têm 60% menos chances de desenvolver demência do que as pessoas que não tocam instrumentos. Outra pesquisa mostrou que falar outro idioma pode atrasar em cinco anos o diagnóstico do mal de Alzheimer.
O aprendizado também ajuda um indivíduo a valorizar suas habilidades. E se você acha que trabalha demais e não tem tempo para isso, considere-se sortudo: um trabalho mais estimulante ajuda a conservar as faculdades mentais, apesar de os benefícios nem sempre durarem até a aposentadoria.

4-Modere nos alimentos

A obesidade pode prejudicar o cérebro de muitas maneiras. O acúmulo de colesterol nas artérias pode restringir o fluxo sanguíneo para o cérebro, deixando-o sem os nutrientes e o oxigênio que ele precisa para funcionar bem.
Além disso, os neurônios são bastante sensíveis ao hormônio insulina, produzido pelo pâncreas. Comer alimentos doces e calóricos com frequência pode embaralhar a liberação da insulina, dando início a uma reação em cadeia que leva à produção de placas letais que podem se acumular no cérebro.
A boa notícia é que certos nutrientes – como o ômega 3 e outros ácidos graxos, e as vitaminas D e B12 – parecem ter um efeito “limpante” e reduzem os prejuízos provocados pela idade no cérebro.
Isso pode explicar por que idosos que sempre mantiveram uma dieta tipicamente mediterrânea – à base de peixes, legumes, verduras e baixo teor de gordura – tendem a mostrar as mesmas habilidades cognitivas que pessoas sete anos mais novas.

5-Concentre-se no corpo


Gostamos de fazer uma distinção clara entre o corpo e a mente, mas, na realidade, estar em boa forma física é uma das melhores maneiras de manter o cérebro funcionando bem.
A atividade física não só estabelece um melhor fluxo sanguíneo para o cérebro, mas também libera uma grande quantidade de proteínas que ajudam a estimular o crescimento e a manutenção de conexões neurais.
Os benefícios são notados desde o berço: crianças que vão a pé para a escola costumam tirar melhores notas, enquanto idosos que fazem caminhadas regulares – mesmo que não sejam vigorosas – têm mais concentração e memória.

6-Não deixe de viver a vida

Se todas essas mudanças de rotina parecem algo difícil de adotar, saiba que uma das melhores maneiras de proteger o cérebro dos efeitos do tempo é socializar.
O ser humano é uma criatura social, e nossos amigos e parentes nos estimulam, nos desafiam a ter novas experiências e nos ajudam a descarregar o estresse e as mágoas.
Surpreendentemente, um estudo com voluntários com idades em torno de 70 anos mostrou que os mais ativos socialmente tinham 70% menos chances de experimentar um declínio cognitivo em um período de 12 anos, em comparação com aqueles com uma vida mais reclusa.
Da memória e da atenção à velocidade de processamento mental, tudo parece se beneficiar do contato regular com outras pessoas.
Ou seja, não há uma fórmula mágica única para treinar o cérebro. As pessoas que envelhecem melhor têm um estilo de vida que incorpora um pouco de tudo: uma alimentação variada, atividades estimulantes e um círculo de amigos queridos. Uma receita que também vale para quem quer ter uma vida feliz e saudável.

As puxadas de tapete mais comuns no mundo do trabalho


De onde vêm e como são as puxadas de tapete

Olhe para cima (e, não, para baixo) para diminuir o risco ser a próxima vítima de uma puxada de tapete no ambiente de trabalho. Pesquisa realizada pela Vagas.com com mais 3,8 mil profissionais mostra que o perigo mora um degrau acima na hierarquia corporativa: mais da metade das sabotagens (54%) tem chefes diretos ou superiores como protagonistas.

"É surpreendente. Esperávamos que viessem menções em relação a chefes e superiores, mas não tanto", diz Rafael Urbano, especialista em inteligência de negócios na Vagas.com.

Usadas como metáfora para ações com o intuito deliberado de prejudicar alguém, as puxadas de tapete são frequentes. O levantamento mostra que 62% dos participantes já foram prejudicados por alguém da empresa, entre subordinado, par ou superior (direto ou não).

Impunidade

E depois da queda, as vítimas ficam com a sensação de impunidade para o sabotador. Entre os participantes da pesquisa, 26% disseram que nada mudou, 26% afirmaram que perderam uma promoção ou reconhecimento que mereciam e 19% acabaram sendo demitidos.

Para 14%, a puxada de tapete chamou atenção de outras pessoas na empresa e 6% disseram ter acionado canal institucional da empresa para reclamar e não obtiveram resposta. Apenas 3% procuraram usaram este tipo de recurso e conseguiram um posicionamento da empresa.

"A questão fica reclusa. Podemos entender que poucas pessoas acionam canais de comunicação das empresas porque não querem se expor", diz Urbano. De acordo com ele, fica no ar a pergunta: as empresas estão preparadas para receber este tipo de queixa dos seus funcionários?  Parece que não. Muitas empresas, diz ele, sequer oferecem este tipo de recurso aos seus profissionais.

Confira, abaixo, quais as puxadas de tapete mais comuns e prepare-se, pois elas chegam quando e de quem menos se espera.

1º quebra de confiança

Ter confiado muito em uma pessoa que depois viria a prejudicar sua imagem foi a puxada de tapete mais citada na pesquisa, com 32% das respostas. “A relação de confiança está mais tênue e isso serve de alerta para os profissionais”, diz Rafael Urbano, especialista em inteligência de negócios na Vagas.com.

2º roubar créditos de ideia ou iniciativa

Ficar com “os louros” de uma boa ideia ou iniciativa é outra ação de que 23% se disseram vítima no ambiente de trabalho. “É algo que acontece em vários níveis hierárquicos, não só no nível operacional, mas também há muitos casos de diretores que roubam ideia de gerentes”, diz Urbano.

3º Exclusão

A terceira puxada de tapete mais citada foi a exclusão de projetos com o objetivo de prejudicar a visibilidade profissional, com 17% das respostas. Em empresas com modelo de gestão horizontal - ou seja, sem hierarquia como é o caso da Vagas.com - este tipo de problema é pouco comum, segundo Urbano. “Nós trabalhamos em rede, em conjunto, é muito difícil alguém ficar excluído dentro de uma estrutura horizontal”, diz.

4º Falsas acusações

Ter sido acusado injustamente também aparece como uma puxada de tapete que já teve 13% dos participantes da pesquisa da Vagas.com como vítimas.

5º Favorecimento indevido

Assistir ao favorecimento de um colega sem mérito pela capacidade profissional também foi uma das puxadas de tapete consideradas na pesquisa. Entre os participantes, 13% já foram preteridos injustamente.

6º Autoridade atropelada

A autoridade posta em cheque também apareceu na pesquisa da Vagas.com. Entre os profissionais, 12% revelaram que pessoas da empresa já passaram por cima de sua autoridade e tomaram decisões que não lhes cabiam.

7º Indução ao erro

A pesquisa mostra que 11% dos profissionais já foram induzidos propositalmente a erro por pessoas que tinham como objetivo se aproveitar do equívoco e se promover.

8º Traição pelas ondas da "rádio peão"

Seis por cento dos participantes já foram traídos pelas informações não oficiais da rádio peão. Com base em rumores e fofocas, estas pessoas acabaram tomando atitudes precipitadas e se prejudicaram por isso.

9º Puxada não identificada

Entre os participantes, 38% tiveram o tapete puxado, no entanto, não identificaram nenhuma das opções anteriores como semelhantes a sua experiência indigesta. Entre um andar e outro de uma empresa, há mais tapetes e pessoas dispostas a sorrateiramente arrastá-los do que pode imaginar muita gente.


 Fonte: exame

segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Gás de cozinha deve sofrer reajuste a partir de setembro

A partir de amanhã, as distribuidoras de gás do Estado vão promover reajuste no gás de cozinha, com base na variação da inflação e do aumento dos itens que compõem custos operacionais e que também correspondem ao dissídio coletivo da categoria no mês de setembro de 2015.

As informações são do Sindicato dos Revendedores de Gás Liquefeito de Petróleo do Estado de Pernambuco (Sinregás/PE). É válido salientar que o mercado é livre e cada distribuidora pratica seu aumento – que será entre 8% e 12%, podendo variar de acordo com a companhia.

Outras variáveis podem incidir no preço final, como a distância da base ao destino final. O sindicato alerta à população que o consumo de gás com qualidade e garantia de segurança deve ser somente com nota fiscal e através da revenda autorizada.

Então, o Sinregás orienta o consumidor a procurar o melhor preço e as melhores condições apenas nas revendas autorizadas, pois estas possuem o gás de cozinha com procedência comprovada e profissionais treinados e capacitados.

Mulher escondeu corpo morto da filha por três meses

blog_body
Uma mulher foi presa acusada de assassinato após a polícia encontra o corpo da filha dela em uma residência em Batavia, Nova York. A denúncia foi feita por uma pessoas que havia visitado o apartamente e visto o cadáver do bebê.
Segundo a AP, Christina Colantonio estaria escondendo o corpo do bebê desde que foi morto, há três meses atrás.
“Temos provas para chegar à conclusão de que a morte foi causada intencionalmente”, contou um dos agentes.
Christina tem outros dois filhos.

As dez rotas de avião mais longas do mundo

Anunciada na semana passada, a nova rota será a viagem de avião sem escalas mais longa do mundo, ao superar em 45 minutos o Airbus A380 da companhia australiana Qantas, que hoje faz a rota Dallas (EUA)-Sydney em 16 horas e 55 minutos.
Esses dois voos são exemplos dos "voos ultralongos", viagens que superam 12 horas de duração, normalmente realizadas por aeronaves de fuselagem larga, como o Boeing 777-200LR, o Airbus A380-800 ou o Airbus A340-500.
O anúncio da Emirates mudará todo o ranking dos voos ultralongos, que terá pela primeira vez um aeroporto latino-americano.
Confira os dez voos mais longos do mundo, segundo a distância que percorrem:

1. Dubai - Cidade do Panamá: 17 horas e 35 minutos

O voo EK251 poderá transportar diariamente 256 pessoas e 15 toneladas de carga entre as duas cidades.
Está programado para deixar Dubai às 8h05 e chegar à Cidade do Panamá às 16h40 todos os dias. O voo de retorno, o EK252, sairá do Panamá às 22h10, com chegada prevista a Dubai às 23h55 do dia seguinte.
"A Cidade do Panamá será a primeira porta de entrada da Emirates na América Central, o que permite conexões com a América Latina, América do Sul e muito mais", afirmou a companhia aérea ao anunciar a nova rota.

2. Dallas - Sydney: 16 horas e 35 minutos

O voo da australiana Qantas, entre Dallas e Sydney, se tornou o voo longo de maior distância quando a Singapore Airlines anunciou o encerramento da rota Cingapura-Nova York, de 18 horas e 50 minutos, em novembro de 2014.
O Airbus A380-800 cobre 13.804 km em 15 horas e 25 minutos, e seu retorno, o voo Qantas 7, de Sydney a Dallas, demora 14 horas e 50 minutos.

3. Johanesburgo-Atlanta: 16 horas e 55 minutos

Ainda que demore mais do que o voo anterior, essa rota percorre cerca de 200 km a menos.
O Delta 201 cobre 13.582 km todos os dias no percurso entre a África do Sul e os EUA.

4. Abu Dhabi–Los Angeles: 16 horas e 30 minutos

A Etihad Airways é a segunda maior companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos. Seu nome significa "união" em árabe.
De fato, a companhia une a segunda cidade do país, Abu Dhabi, a Los Angeles (EUA), separadas por 13.502 km.
Em 12 anos de atividades, a Etihad já foi eleita diversas vezes como uma das 10 melhores aéreas do mundo.

5. Dubai–Los Angeles: 16 horas e 35 minutos

Essa é outra das rotas da Emirates que integram o ranking dos voos ultralongos.
O voo Emirates 215 percorre 13.420 km em um A380 de luxo, de dois andares.
Possui 14 suítes privativas na primeira classe, 76 assentos-cama na classe executiva e 399 assentos na classe econômica.
Também conta com um bar para a primeira classe e dois spas com ducha na executiva.

6. Yeda–Los Angeles: 15 horas e 56 minutos

A Arabian Airlines, conhecida como Suadia, é a companhia aérea estatal da Arábia Saudita.
Seu voo ultralongo 41 completa 13.409 km em 15 horas e 56 minutos para conectar a segunda cidade do país à Califórnia, em um Boeing 777-300.
O percurso de volta de Los Angeles a Yeda dura um pouco mais que 17 horas.

7. Dubai–Houston: 16 horas e 19 minutos

O voo 211 da Emirates une a capital dos Emirados Árabes Unidos à cidade do Texas (EUA) desde dezembro de 2014, completando seis rotas da companhia a cidades americanas em seus novos A380.
Assim como o voo entre Dubai e Los Angeles, o A380 dessa rota tem um bar na primeira classe, onde duas suítes privadas possuem duchas.
O avião completa 13.144 km em pouco mais de 16 horas.

8. Abu Dhabi–São Francisco: 15 horas e 13 minutos.

O voo ultralongo Etihad 183 percorre 13.128 km entre as duas cidades.

9. Dallas–Hong Kong: 15 horas e 8 minutos.

Esse é o único voo ultralongo da American Airlines entre os 10 voos mais longos do mundo.
A rota entre as cidades, de 13.066 km, é feita todos os dias pelo voo AA137 em pouco mais de 15 horas.

10. Dubai–San Francisco: 15 horas e 37 minutos

O voo 225 da Emirates faz os 13.041 km que separam Dubai de São Francisco em 15 horas e 37 minutos.
A viagem é feita por um A380-800 desde 2008.

Campanha de vacinação contra a poliomielite termina nesta segunda


Termina nesta segunda-feira (31) a campanha de vacinação contra a poliomielite, doença que pode provocar paralisia irreversível. A expectativa é imunizar, no mínimo, 95% das 625.686 crianças entre 6 meses e menores de 5 anos, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES). Até a última sexta (28), mais 70% do público-alvo já havia sido imunizado.

Ainda conforme a SES, a vacina contra a poliomielite não possuem contra-indicação. As crianças não imunizadas podem desenvolver a doença, que tem como seu principal agravamento a flacidez muscular em pelo menos um dos membros inferiores. Em 2014, Pernambuco imunizou 619.807 (99,08% do público total).

A poliomielite não é registrada no Brasil há 26 anos. O último caso foi no município de Souza, na Paraíba, em 1989. Em Pernambuco, foi em 1988. Desde 1994, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) o Certificado Internacional de Erradicação da Transmissão Autóctone do Poliovirus Selvagem.

Detalhes dos jogos do PE Sub-23


Pela 2ª rodada do Campeonato Pernambucano Sub-23, o Petrolina venceu o Serrano por 2 x 0. Jean foi o autor dos gols do jogo. O primeiro foi marcado aos 24 minutos da primeira etapa, o segundo aos 43 minutos. Na volta para o intervalo, o Petrolina conseguiu segurar o jogo e arrancar sua segunda vitória na competição.
O Flamengo de Arcoverde perdeu a segunda seguida no campeonato. Mesmo jogando em casa, o clube deu espaço para o Belo Jardim atuar e marcar os três gols do jogo. A vitória deixou o Calango como líder do Grupo A, com seis pontos.
No Chapadão do Araripe, o Araripina arrancou um empate suado com o Afogados da Ingazeira. Aos seis minutos Ewerton Bala abriu o placar para os donos da casa, com o gol no início do jogo parecia que seria fácil vencer o adversário, porém o Afogados não desistiu e colocou pressão nos donos da casa. A motivação do time visitante surtiu efeito no final da partida, Caíque marcou o gol de empate,  aos 45 minutos do segunto tempo. Araripina 1 x 1 Afogados da Ingazeira.
O Ipojuca conseguiu a segunda vitória na competição. Memso jogando longe de seus domínios, no estádio Luiz de Brito Bezerra de Melo, o time garantiu a vitória por 2 x 1. Logo no começo do jogo, Makson mostrou que queria a vitória e aos 11 minutos marcou o primeiro gol do jogo. O Barreiros empatou logo depois. Na volta do segundo tempo, os clubes esbarraram na dificuldade em fazer gols, mas no final da partida Jhon viu a oportunidade do jogo e fez o segundo gol dos visitantes. O resultado colocou o Ipojuca na primeira posição do Grupo B.
O Íbis foi goleado pelo Olinda, no Paulo Petribu. Foram nove gols no jogo, oito em favor do time visitante. Para não passar em branco o Pássaro Preto marcou o gol de honra com Sandrinho. Os gols do Olinda saíram dos pés de Elton Luiz (1), Índio (1), Roger (2), Deizinho (3), e Alan (1).
O Vitória ficou no empate com o Timbaúba, por 2 x 2. O resultado trouxe um ponto para o Timbaúba que ainda não havia pontuado na competição, pois perdeu a primeira partida contra o Ipojuca, por 1 x 0. O jogo foi bastante movimentado. Alan abriu o placar, aos dezenove minutos da primeira etapa e o Timbaúba chegou ao gol de empate dois minutos depois com Alex. Alex marcou o segundo do Timbaúba, aos 24 minutos, e Lucas empatou o jogo, aos 27 minutos da primeira etapa. Na volta para o segundo tempo, as equipes perderam o caminho do gol e não conseguiram mais marcar finalizando a partida em Vitória 2 x 2 Timbaúba. Agora a equipe é a 5ª colocada do Grupo B. Já o Tricolor das Tabocas ficou na 2ª posição, com quatro pontos.